Luminosidades

Há dias assim: apesar do sol, têm a melancolia de um legato de violoncelo ao final da tarde.

5 comentários:

AnabelaSimoes disse...

O cheiro do mar, o chilrear dos passarinhos ... podem interromper o legato.
Quem sabe se a melancolia não desaparece?
Aproveita os raios de sol, que nos alimentam a alma.
Bjs

GED disse...

Isto já é uma fixação.
Raios de sol?.
Não há um raio que te abrase?
Abraços
henrique

Sampas disse...

Não perdes pela demora e pela resposta... Também tens as tuas fixações... tardias.
Um abraço
Manel

GED disse...

Já que desactivaste os comentários (?), aqui vai: poema lindissimo, de uma elegancia inexcedivel.
Sem medos.
henrique

AnabelaSimoes disse...

Concordo com o Henrique:
"Poema lindíssimo...".
Parabéns
anabela