11 de Novembro...
Hoje, ao dar-me conta que estava diante de mais um dia (nesta sucessão de dias que dia a dia se vão amontoando, até um dia...) a primeira coisa de que me lembrei foi de castanhas assadas e da água-pé. Hoje é dia de S. Martinho.
Só mais tarde me ocorreu que era também dia da Independência de Angola. E eu estava nesse já distante dia do ano de 1975. Em Luanda. Estava profundamente convicto da bondade desse dia para o povo Angolano (sublinho povo). Não tinha qualquer dúvida - era um tempo de certezas.
Ironia: Dezembro de 1640 era também um tempo de certezas... E hoje, segundo sondagens, já há tantos com tantas dúvidas...

3 comentários:

Anónimo disse...

Porque é que será que os meus amigos, têm de se armar em durões e desencantados com a vida? Principalmente porque nós sabemos, que são ao contrário.
Eu, lamechas como sou, confesso: o meu primeiro pensamento no dia 11 de Novembro, foi para a terra que me fez como sou hoje e, que será grande rápidamente. Só muito depois me lembrei dos terroristas. E só à noite me lembrei do S. Martinho, porque a minha mulher fez castanhas.
Não há pachorra!!!!

Manuel Sampayo disse...

"Principalmente porque nós sabemos, que são ao contrário."

Nós quem? Quem é esse anonyimous? Seja quem for, agrada-me o humor. Alíás pelo humor desconfio quem é o nosso amigo... não é James!

Anónimo disse...

Não...não é o James é o HF e não é humor.
Porra...tu não és assim, porque teimas nisso?
Só escrevi a coberto do anonimato, porque é mais fácil editar o comentário